Blog – Como ajudar um escritor

Como ajudar um escritor

Nesta semana, vi por aí alguns compartilhamentos de imagens que mostravam formas de ajudar autores. Eu achei a ideia muito legar e resolvi trazer por aqui também.

Em todas as profissões, rola aquela mistificação. Por exemplo: advogados enfrentando casos dificílimos em tribunais, na frente de um júri, tentando salvar a vida de uma mãe que foi falsamente acusada de matar uma família inteira de bebês ornitorrincos. Só que, além dessa imagem idealizada que temos acerca das profissões, há também a boa e velha realidade. E essa, meus amigos, é bem dura…

No meu caso, eu preciso ralar bastante para conseguir entregar pra vocês aquelas lindezas que são os meus livros. Não só o conteúdo, mas a revisão, a diagramação, a edição, a capa, os banners, o ISBN e mais um monte de coisas. Isso quando problemas gigantescos não aparecem no meio do caminho e atrapalham todo nosso cronograma.

 

É difícil, mas eu amo. Vocês sabem que eu deixei minha vida de professora de lado e, hoje, apenas trabalho com isso. Sou revisora também, mas estou revisando meus últimos livros, já que, ano que vem, me dedicarei 100% aos meus queridinhos. Sim, sim.

Só que eu confesso que dá muito trabalho. Muito mesmo.

Sabe qual é a parte mais difícil de todas? Fazer com que outras pessoas enxerguem o que você está fazendo. É aí que você, meu leitor do coração, entra. Que tal dar uma ajudinha pra tia Mari aqui?

Vou deixar aqui algumas maneiras que você pode me ajudar sem gastar um centavo nem muito do seu tempo. O que acha?

1 – Inscreva-se no site

Sim, sim. Quando você se torna um #stalkerdamari, está dizendo pra mim que é meu leitor e que quer saber mais sobre aquilo que estou produzindo. Por si só, é uma enorme motivação. Toda vez que eu tenho um #stalker novo, fico toda feliz! É simples, é bobo, mas é super importante.

2- Avalie o livro

Leu? Gostou? Então vai lá na Amazon e deixe suas cinco estrelas. É super importante e ajuda a outras pessoas enxergarem que o livro é bom, que ele é bem lido e bem recomendado. 

3- Siga o autor

Eu sei que a maioria de vocês já faz isso, mas é preciso lembrar que ter seguidores é muito importante. As redes sociais são nossos canais diretos com os leitores. É por lá que sabemos se vocês estão ou não gostando do trabalho. 

4- Comente nos posts

Ainda na lógica das redes sociais, comentar e curtir posts é muito importante. O Instagram trabalha com um algoritmo louco (não me peça pra explicar) que entende quando determinado tipo de conteúdo te interessa. Ou seja, se você passa pelo meu post e não curte nem comenta, provavelmente ele não te mostrará os outros. Aí vai que eu lanço uma promoção de 50% de desconto no livro impresso e você não vê? Então, seu comentário, nem que seja um coração, ajuda muito!

5- Indique o livro

Pois é, gente. Leu, gostou, sentiu coisinhas gostosas lá embaixo? Então corra pra sua amiga, prima, colega de trabalho, vizinha e indique o livro! Fala que é legal, que você se divertiu e que vale super a pena ler. Indique pra um ou pra cem leitores. Poste nos Stories do Instagram quando estiver lendo pra dar aquela ajudinha do amor.

Por que eu estou falando nisso tudo? Porque, atualmente, é assim que sobrevivemos. Senão, em breve, seus escritores preferidos podem estar atrás de uma mesa de computador, não mais escrevendo, e sim fazendo relatórios de contabilidade para o chefe chato.

Apoie a literatura nacional. Tem muita gente boa por aí. Não estou pedindo pra parar de ler as gringas, jamais! Elas são ótimas. Leia mesmo! Eu sempre leio. Mas tente dar aquela chance para alguns escritores brasileiros. Não sabe o que ler? Peça uma indicação. Se quiser, dá uma olhada na minha biblioteca.

O seu incentivo é muito importante. Ele é o termômetro que nos diz se estamos ou não no caminho certo.