Eventos? Quero!

Eventos? Quero!

No fim de semana passado, participei de mais um evento literário e gostaria de conversar um pouco com vocês sobre ele. Não apenas ele, mas os eventos de um modo geral.

Em primeiro lugar, preciso destacar a delícia que é, não só para o autor, mas também para o leitor que sempre está presente nesses encontros.

Para o autor, é muito bom poder trocar figurinhas com outros escritores, editores e gente do meio literário. Porém, o mais gostoso é ter o contato direto — cara a cara, com direito a abraços — com seus leitores e com futuros novos leitores. No evento dessa semana, uma mulher olhou pra mim e disse: “eu não acredito que estou te conhecendo. Você escreveu o meu livro. O livro que mais gostei e mais me diverti!”. Isso não tem preço, gente. De verdade.

O evento ao qual me refiro foi em outra cidade, que fica a uma hora e meia de distância de carro de onde eu moro. Só isso já fez com que todo o cansaço e o desgaste valesse a pena. De verdade.

 

Assim foi na bienal, quando teve gente que foi lá apenas para me ver, e com qualquer outro encontro que tenho com minhas leitoras. Vocês não sabem o quão gratificante é poder encontrar vocês e dar um abraço. Se vocês gostam do meu livro e acompanham minha carreira, então precisam saber que eu AMO ter a chance de encontrar todo mundo e poder compartilhar uma das coisas que mais me faz feliz na vida — que é escrever.

Nesses eventos, temos a chance de interagir, o que não ocorre sempre. Nós, escritores, passamos o tempo basicamente isolados do resto do mundo. É claro que falamos com capistas, diagramadores, revisores, editores, gráficas e tal… Mas é tudo online! O calor humano faz falta.

No evento desse fim de semana, conheci duas autoras que quero guardar num potinho e levar pra casa comigo. Nós rimos, trocamos informações e, sem dúvidas, aprendemos muito. Eu, pelo menos, aprendi.

Para o leitor (e agora falo como leitora também), é uma experiência bem legal poder conhecer as pessoas que escrevem os livros que lemos. Tive a chance de conhecer uma de minhas divas na bienal, a Lauren Blakely. Ela ficou encantada por saber que eu lia suas obras desde antes de terem sido traduzidas para o português. Assim como o resto dos mortais, fiquei na fila para dar um abraço nela e poder expressar o quanto ela marcou minha vida através das palavras.

Não apenas para conhecer os escritores que vocês (nós) gostam, acho que eventos são bem legais para conhecer leitores e fazer amizade com gente que gosta da mesma coisa que você! Sim, sim… É muito bom poder conversar com alguém que leu o mesmo livro, debater, compartilhar experiências. Além, claro, de ter a chance de encontrar autores novos, com trabalhos que valem a pena ser lidos. Fora as palestras, os bate-papos e os brindes…

Eu amo participar de eventos e sempre que dá apareço em algum.

E vocês, gostam? Em quais já foram? Em quais pretendem ir?